Cúria
17-3422-6477


Diocese de Votuporanga



Procurar Horário
de Missa

Liturgia
Diária

Calendário
Diocesano

Notícias
do Papa

Eventos

Francisco: na provação, não estamos sozinhos, confiemo-nos a Cristo

Em suas saudações na Audiência Geral, o Papa Francisco recorda que Jesus é um amigo fiel, que nos acompanha e nunca decepciona, e que em sua cruz encontramos “apoio e consolo no meio das tribulações da vida”. Portanto, nos convida a confiar na intercessão de São João Paulo II nas vésperas do 15º aniversário de sua morte.

Alessandro Di Bussolo/Mariangela Jaguraba - Cidade do Vaticano

Jesus é o amigo fiel “que enche a nossa vida de felicidade, mesmo em tempos difíceis”, que “nos acompanha e nunca decepciona”. Nele e com ele não estamos sozinhos e na sua cruz, os nossos corações encontram “apoio e conforto no meio das tribulações da vida”. Assim, o Papa Francisco saúda os fiéis em várias línguas, conectados através dos meios de comunicação com a Biblioteca Apostólica Vaticana, no final da catequese da Audiência Geral desta quarta-feira (01/04).

Ouça a reportagem

Saudação em língua portuguesa

Eis a íntegra da saudação em língua portuguesa.

Amados ouvintes de língua portuguesa, a todos saúdo e convido a viver com a Igreja inteira, em pensamento e de coração, a próxima Semana Santa, que coloca diante dos nossos olhos a Cruz onde Jesus assumiu e suportou toda a tragédia da humanidade. Não podemos esquecer as tragédias dos nossos dias, porque a Paixão do Senhor continua no sofrimento dos homens. Que os vossos corações encontrem, na Cruz de Cristo, apoio e conforto no meio das tribulações da vida; abraçando a Cruz como Ele, com humildade, confiança e abandono filial à vontade de Deus, tereis parte na glória da Ressurreição.

O homem, com medo, confia-se à Misericórdia Divina

Aos poloneses, o Papa recorda que o homem de hoje vê “os sinais da morte” presentes na civilização e “vive cada vez mais com medo, ameaçado no núcleo de sua existência”. Nestes dias difíceis, “os seus pensamentos corram para Cristo: saibam que vocês não estão sozinhos. Ele os acompanha e nunca decepciona”. Confiem na Sua “Misericórdia Divina e na intercessão de São João Paulo II nas vésperas do 15º aniversário de sua morte”, que recordaremos nesta quinta-feira, 2 de abril.

Nos eventos da vida, descubra a Providência do Senhor

Aos alemães, o Papa Francisco recorda que, ao contemplar “a face do Senhor crucificado e morto por nós”, neste período de provação, podemos reconhecer “em sua cruz a fonte da verdadeira esperança e alegria, através da qual Ele venceu todo o mal”.

Aos ouvintes de língua espanhola, sua língua nativa, o Papa pede para descobrir a Providência do Senhor “nos acontecimentos da vida cotidiana”. E nos convida a lembrar, nesses momentos de provação e escuridão, “todos os nossos irmãos e irmãs que sofrem, e aqueles que os ajudam e acompanham com amor e generosidade”.

Obrigado, jovens milaneses, não percam a esperança em Jesus

Por fim, entre os fiéis de língua italiana, Francisco saúda em particular “os grupos que tinham feito reservas para estarem presentes hoje” na Audiência Geral, dentre eles “os jovens da profissão de fé da Diocese de Milão”. “Queridos jovens, mesmo que sua peregrinação a Roma seja apenas virtual, quase sinto a sua presença alegre e barulhenta, concretizada também nas muitas mensagens que vocês me enviaram”. O Papa agradece e encoraja os jovens milaneses a “viverem sempre a fé com entusiasmo e a não perder a esperança em Jesus, amigo fiel que enche a nossa vida de felicidade, mesmo nos momentos difíceis”. Que esses últimos dias da Quaresma possam favorecer “uma preparação adequada da celebração da Páscoa, levando cada pessoa a uma proximidade maior a Cristo”.

. . .

As armas contra a pandemia: trabalho, fé e solidariedade

Valle Seriana é uma das regiões, nos arredores de Bérgamo, mais atingidas pelo Covid-19 na Itália. O testemunho de uma jovem universitária que da sua casa observa sua cidade em quarentena

Amedeo Lomonaco – Cidade do Vaticano

Já passou mais de um mês do início da emergência ligada ao coronavírus. Na Itália a região da Lombardia continua sendo a mais atingida. Em Valle Seriana, centro do foco nos arredores de Bérgamo a situação ainda é muito grave. Mas a população, mesmo marcada por esta dura prova, reage com as armas do trabalho incessante e, principalmente com a solidariedade. Característica que distingue esta comunidade que neste momento de grande sofrimento não se sente só, graças também ao afeto demonstrado pela Itália e por muitos outros países. Este é o testemunho de Chiara Colotti, residente na Valle Seriana, província de Bérgamo.

Chiara Colotti: A província de Bérgamo, em particular Valle Seriana, é uma das regiões mais atingidas pela emergência do Covid-19. O nosso Valle está chorando e está sofrendo. As ambulâncias tornaram-se um som que acompanha o nosso dia a dia. Estamos perdendo uma geração inteira. É a geração dos nossos avós. Uma geração rica de história, de experiências, de ensinamentos fundamentais para nós jovens, mas também para o futuro da humanidade. Os médicos, os enfermeiros e todos os profissionais da saúde estão no extremo de suas forças. Apesar disso, a nossa população neste momento de dor e sofrimento pela perda dos nossos familiares também temendo pelos doentes e em geral pelo futuro, não se deixa abater. Se tivesse que descrever os bergamascos com poucas palavras diria que são pessoas que falam pouco, mas trabalham muito. São o exemplo concreto do que disse o Papa Francisco. Com as obras de caridade, demonstramos a nossa fé e a caridade maior que é a que se faz para com os que não podem retribuir. Os bergamascos estão exprimindo sua fé através do compromisso com os outros, através das obras de generosidade e de solidariedade, também através do trabalho. Este período de obstáculos e de medo certamente não está nos detendo. Estamos indo adiante, apesar de tudo, e cada um se dedica como pode para ajudar.

Este é um período marcado por muitas sombras e se recolhem muitas lágrimas. Mas nesta dramática situação não faltam sinais de esperança. Em Bérgamo logo será inaugurado o hospital de campanha…

Chiara Colotti: Sim logo o hospital de campanha de Bérgamo ficará pronto. Deveria ser apenas um hospital de campanha, mas na realidade serão realizadas as logísticas necessárias, farmácia, análises clínicas e terapia intensiva. Toda a comunidade, artesãos, jovens voluntários, e a torcida do time local, o Atalanta estão com a mão na massa para que fique pronto o quanto antes. É um exemplo de solidariedade.  

A solidariedade é garantida a todos

Chiara Colotti: Bérgamo é a imagem de uma comunidade que não para e não quer parar. É um território habitado por pessoas que podem parecer fechadas, mas são pessoas com um grande coração. E não pensam duas vezes em ajudar o próximo. Estamos vivendo na própria pele uma experiência dramática. Na dramaticidade a nossa comunidade está se regenerando e redescobrindo suas próprias raízes. Raízes feitas de generosidade, de solidariedade e de ajuda ao próximo. Sempre trabalhamos com a cabeça baixa, sem desistir com os obstáculos. E agora, mais do que nunca estamos demonstrando isso.

. . .

Decreto Semana Santa 2020

. . .
. . .
Últimas Atualizações


Atendimento
Cúria Diocesana

De segunda à sexta-feira
Das 08h às 12h e das 13h30 às 17h30

Fone: (17)3422-6477
Email: diocesevotuporanga@gmail.com