Diocese de Votuporanga


Paróquia Santo Antônio de Pádua
Fundada em: 27/12/1940

Rua Jerônimo Hipólito da Silva, nº 669
Centro
15530-000
Cosmorama

Cosmorama
paroquiasa@live.com
http://paroquiacosmorama.com.br/
->Facebook link


Pároco:
Silvio Donizete Delfino

Missas

Matriz

Primeira sexta-feira do mês: Santa Missa do Sagrado Coração de Jesus, com Hora Santa e Adoração ao Santíssimo Sacramento, às 19h.
Domingo: Santa Missa às 8h e às 19h.

Capelas

Capela Santa Rita:
Quarta-feira:
Santa Missa às 19h.

Capela Nossa Senhora Aparecida: (Bairro Cocho)
Quarta quinta-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela Nossa Senhora Aparecida: (Bairro Estação)
Primeira quinta-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela Nossa Senhora Aparecida: (Bairro Vila Nova)
Primeiro e terceiro sábados do mês:
Santa Missa às 19h.

Capela Santa Luzia: (Carrilho)
Segunda terça-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela do Lar São Vicente de Paulo:
Primeiro sábado do mês:
Santa Missa às 16h.

Capela Santo Expedito (Bairro Moinho)
Segunda sexta-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela São José (Roseira)
Terceira sexta-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela São Pedro (Bairro Bacani)
Quarta terça-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela São Sebastião (Bairro Scriboni)
Quarta sexta-feira do mês:
Santa Missa às 19h30.

Capela São Valentim (Bairro Violin)
Primeira terça-feira do mês (meses alternados):
Santa Missa às 19h30.

Comunidade Senhor Bom Jesus (Bairro Retiro)
Terceira Terça-feira do mês (meses alternados):
Santa Missa às 19h30.

Atendimento

Atendimento da Secretaria Paroquial
Segunda a Sexta-feira das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

Atendimento do Padre Sílvio
Quarta-feira e Sexta-feira das 8h às 10h.

Visita aos doentes:
Quinta-feira de manhã e à tarde. Quarta-feira e sexta-feira, no período da tarde.

História da Paróquia Santo Antônio de Pádua

A história da cidade de Cosmorama começa a ser delineada no dia 10 de outubro de 1.931. A religiosidade dos povos que para cá migravam foi, timidamente, sendo despertada com a instalação de um Cruzeiro (uma cruz, geralmente em pedra, colocada sobre uma plataforma com alguns degraus).
Logo após a instalação do Cruzeiro, foi construída uma Capela, marcando, de fato, o início da Evangelização da comunidade que com ela nascia. Assim como acontece com a maioria das pequenas cidades, a expansão de Cosmorama se deu em torno da singela capela dedicada a Santo Antônio.
Em 27 de dezembro de 1.940, o nosso primeiro Bispo, de saudosa memória, Dom Lafayette Libânio, erigiu a Paróquia de Santo Antônio de Pádua, acolhendo o bem das almas que pediam a ele um padre, haja vista o pleno desenvolvimento da cidade.
A paróquia, num primeiro momento, foi atendida pelos Frades Capuchinhos, que serviam na Basílica de Nossa Senhora Aparecida. O grande pioneiro a vir celebrar e desbravar estas terras, trabalhando pela obra da evangelização, foi Frei Pacifico. Ele vinha às sextas-feiras e retornava para São José do Rio Preto apenas nas segundas-feiras.
Dom Lafayette somente efetivou um padre nesta comunidade no ano de 1.956 – Padre José Atienza, que permaneceu à frente da comunidade durante quatro anos. Após sua saída, a paróquia passou a ser assistida pelo Padre Nicolau Miranda Calabrês, que também era pianista e compositor.
O Padre Nicolau ocupou-se em Cosmorama por três anos e, em março de 1.963, deixa a comunidade. Com o seu egresso, a paróquia ficou sem pároco por cinco anos e as celebrações eram realizadas pelos Freis Capuchinhos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Votuporanga e por alguns padres das comunidades vizinhas. Neste período de vacância da paróquia, celebravam missas os padres Pio e Jarbas Brandini Dutra, Frei Mauro, Frei Liberato, Frei Cirilo, Frei Ângelo, Frei Leonel, Frei Atanásio, e, por último, Frei Arnaldo Maria de Itaporanga.
No ano de 1.968, com a resignação de Dom Lafayette ao governo diocesano por motivos de idade e saúde, toma posse da diocese o segundo bispo, Dom José de Aquino Pereira. Os fiéis cosmoramenses estavam na Antiga Sé Catedral para a posse de seu novo Pastor portando uma faixa com os seguintes dizeres: “Cosmorama saúda o novo bispo e pede um padre”.
Dom José, com todo seu carinho de pai e pastor, atende à solicitação da comunidade e envia para ser pároco o tão pedido e esperado Padre Elias Rodrigues Cordeiro, espanhol, trazido e apresentado por Dom José. Cosmorama foi a primeira cidade que Dom José enviou um padre logo após sua posse canônica como segundo bispo diocesano.
Padre Elias, abnegado sacerdote rígido, mas com imenso amor à Igreja e grande espírito missionário, doou sua vida pela comunidade, construindo a maioria das Capelas rurais que, ainda hoje, são atendidas com missas e celebrações, fazendo valer o que nos é pedido, atualmente, pelo plano de pastoral da diocese, com suas pastorais e também movimentos.
Durante a sua permanência, Padre Elias deu nova feição à comunidade; impulsionou a catequese, renovou o Apostolado de Oração e a Congregação Mariana; trabalhou intensamente com o Cursilho de Cristandade e Treinamento de Líderes Cristãos (TLC); realizou o chamado “Natal dos pobres”, doando às famílias carentes cestas básicas. Além disso, fundou a obra beneficente “Roupeiros de Santa Rita”, que hoje leva o seu nome e dá lugar a um Projeto Educacional, destinado a atender crianças, preparando-as para ingressarem no 1º ano do Ensino Fundamental.
Há que se registrar, também, que Padre Elias foi precursor no desenvolvimento e na valorização das quermesses de Santo Antônio. Em sua época, elas eram realizadas na Praça da Matriz, e as prendas preparadas pelas famílias.
Posteriormente, com a construção do Salão Paroquial, passaram então a serem lá realizadas.
Muito famosas em toda região, principalmente pelo frango assado e recheado com guariroba (palmito) – inclusive, feitos até hoje, as quermesses eram sinônimo de sucesso. Atualmente, com o empenho de outros sacerdotes, a festa do padroeiro se perpetua e se tornou uma linda tradição e legado do saudoso Padre Elias.
No ano de 1.992, Padre Elias pleiteia a vinda de duas religiosas para auxiliá-lo, Irmã Enedina Marton e Irmã Gorete (hoje já não faz mais parte da vida religiosa). Depois, com a saída de Irmã Gorete, vem, para substituí-la, Irmã Helena. As religiosas permaneceram na paróquia até o ano de 2.000. Além delas, Padre Elias também contou com outra ajuda no período que ficou doente, Padre Pedro da Silva, recém-ordenado.
Elias cumpriu, de maneira impecável, sua missão evangelizadora, por enérgicos 27 anos, vindo a falecer no dia 13 de julho de 1.995, e dorme, eternamente, no Cemitério Municipal de Cosmorama, local em que foi velado e sepultado.
Logo após, Padre Pedro toma posse, dando um incentivo considerável à juventude e também às pastorais, que foram renovadas com seu empenho e dinamismo de padre novo, contando com o apoio das religiosas que ainda residiam na comunidade. Ouvindo ao chamado do Senhor, Padre Pedro deixa Cosmorama em 1.999, seguindo para missões mais profundas, onde se encontra até os dias de hoje.
No mesmo ano, o nosso terceiro bispo, Dom Orani João Tempesta, nomeia como pároco o Padre Marcos Vinicius Cavallini, recém-ordenado. Ingressa à comunidade com ardor e coragem, trabalhando em prol do Reino de Deus e incentivando as pastorais e demais movimentos. Com ele, nossa Igreja passou por uma considerável reforma, ficando ainda mais bela e acolhedora. Padre Marcos Vinicius manteve-se à frente da paróquia por 05 (cinco) anos, deixando-a para estudar em Roma.
Com a saída de Padre Marcos Vinicius, foi nomeado pelo Padre José Irineu Vendrami, administrador diocesano – Dom Orani havia sido eleito arcebispo metropolitano de Belém do Pará – o Padre Marcos Antônio de Oliveira, que permaneceu conosco por dois anos. Sob seu incentivo, pastorais foram reestruturadas, adquiriu novo veículo para a paróquia, retomou a construção da Capela de São Pedro na comunidade do Bacani, instalou o Sacrário em algumas comunidades maiores e reformou a cozinha do Salão Paroquial.
Em outubro de 2.006, os fiéis cosmoramenses acolheram o Diácono Carlos Eduardo Nascimento, vindo para auxiliar Padre Marcos. Ele ficou responsável pelas questões pastorais, celebrações e demais matérias que, normalmente, competem a um diácono. No dia 02 de fevereiro de 2.007, foi ordenado Presbítero da igreja pelo gesto sacramental de imposição das mãos de Dom Orani João Tempesta e de Dom Paulo Mendes Peixoto, Bispo diocesano.
Recém-ordenado, Padre Carlos Eduardo foi nomeado por Dom Paulo – nosso quarto Bispo vigário, para continuar ajudando Padre Marcos, que havia sido transferido para a Paróquia de São João Batista, em Nhandeara. Dom Paulo, em um primeiro momento, quis fazer uma experiência, colocando-o com outro padre.
Padre Carlos Eduardo perseverou como vigário por seis meses, e, no dia 08 de junho de 2.007, Dom Paulo o empossa como Padre da Paróquia de Santo Antônio de Pádua de Cosmorama. A sua energia e vigor contagiou a comunidade que compartilhou seu marcante espírito jovial e alegre.
Construiu a gruta de nossa Senhora de Lourdes com a ajuda dos paroquianos que se empenharam para embelezar ainda mais nossa comunidade, esta inaugurada na Solenidade de Pentecostes no dia 31 de outubro de 2009, onde tem como marco um poço artesiano no qual sua água foi benzida e atende a diversas pessoas de nossa comunidade até hoje.
Padre Carlos Eduardo perseverou e dedicou-se ainda mais pela nossa comunidade pensando junto com a comunidade na construção de uma nova capela em nossa cidade e acatou juntamente com os conselhos e os paroquianos na construção da Capela Santa Rita de Cássia fundada no Bairro São Fernando de nossa cidade, para evangelizar as pessoas que estavam mais afastadas da Matriz.
Padre Lorival Ângelo Marques veio para esta comunidade como vigário em 16 de outubro de 2011, padre caridoso que se empenhou ajudando as pessoas mais carentes e contribuiu efetivamente para centrar a paróquia trazendo a paz, a concórdia e segurança para nossa comunidade. Padre muito querido, humildes em atitudes e ações, pregava muito do amor de Deus, a caridade e o amor ao próximo.
Padre Silvio Donizete Delfino, filho de Cosmorama veio para Cosmorama no dia 27/05/2018, sua vocação é evangelizar a todos, padre com dons e carismas, pelo seu acolhimento para com as pessoas que estão doentes da alma, tem trabalhado incansavelmente pelos casais, jovens, catequese e toda a nossa comunidade, renovando nossas pastorais e implantando novas pastorais.
Nasce o grupo de jovens colisão, jovens empenhados na evangelização do reino de Deus, PASCOM, divulgação através dos meios de comunicação, Pastoral da acolhida, empenhadas no acolhimento dos féis que chegam a nossa comunidade e Pastoral familiar, onde o Padre Silvio tem trabalhado arduamente, pois é pela família que construímos uma nova sociedade.
Missas Por Cura e Libertação acontecem uma vez por mês desde então, com pessoas vindas de outras cidades de nossa região e até participação de pessoas de outras dioceses, com participação de um grande número de pessoas até de outras denominações.
No dia 17 e 18 de novembro de 2018, aconteceu desde sua vinda também encontro de 30 jovens para momentos de espiritualidade e encontro com Deus e engajamento em nossa comunidade, jovens que não participavam de nada e que hoje tem participação assídua em nossa paróquia.
No dia 22 e 23 aconteceu o 1º Avivamento para casais contando com 70 casais que participaram desse momento de espiritualidade, foram pregações, adoração a Jesus Eucarístico, música, com grandes momentos de emoção e encerramento com a santa Missa celebrada pelo nosso pároco.