Diocese de Votuporanga



Procurar Horário
de Missa

Liturgia
Diária

Calendário
Diocesano

Notícias
do Papa

Eventos

CANCELAMENTO DE REUNIÃO SOBRE PROCESSO DE ESCUTA P/ SÍNODO DOS BISPOS

Está cancelado o evento que deveria acontecer neste sábado (22/01/22), das 14h às 17h, no Centro de Eventos da Catedral de Votuporanga.

Devido ao aumento positivado dos casos de covid-19, devido também às restrições de saúde do município de Votuporanga, e aos casos suspensos na Diocese e na Cúria, em comum acordo com o Pe. Márcio Tadeu, com o Pe. Gilmar Margotto e com o Dom Moacir, eu, Pe. Marcos, coordenador diocesano de pastoral, decreto cancelado o evento que estava previsto acontecer neste sábado, à partir das 14h, no Centro de Eventos da Catedral de Votuporanga. Devido a estes motivos, está cancelado o evento, não a atividade de consulta. Os livrinhos referente ao processo de Escuta, serão colocados à disposição na secretaria da Cúria Diocesana, à partir de segunda-feira, quando vamos os adquirir.

Veremos com o Pe. Márcio Tadeu, a possibilidade de um vídeo, p/ comunicar a dinâmica desse trabalho. Pedimos desculpas a todos, mas neste momento, achamos melhor sermos prudentes e preservar a vida, do que fazer um encontro, e poder colaborar, quem sabe, ainda mais com a contaminação da covid-19.

Pe. Marcos Vinícius Rosa

Coordenador de Pastoral

. . .

Capela de Parisi será elevada a Paróquia por Dom Moacir

Nesta  quinta-feira, 20, a Capela Nossa Senhora Aparecida de Parisi será elevada a Paróquia em celebração eucarística presidida pelo Bispo Diocesano Dom Moacir Aparecido de Freitas às 19h30 na Igreja Matriz de Parisi. A Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Parisi continuará sendo administrada pelo Padre Michel Henrique Candeu que está a frente da comunidade desde 2018 e será nomeado seu primeiro pároco. Esta será a 31ª paróquia da Diocese de Votuporanga, sendo a primeira criada por Dom Moacir. 
Além da criação da Paróquia de Parisi, Dom Moacir nesta celebração criará a Região Pastoral Santo Expedito que será composta pela Capela Santo Expedito (Parque Colinas), hoje pertencente a Paróquia Santa Joana Princesa, e pela Capela Santo Antonio (Parque das Nações). Esta Nova Região Pastoral ficará também sob responsabilidade do Padre Michel Candeu.
A criação da Paróquia permitirá a comunidade de Parisi uma maior facilidade para a realização dos trabalhos pastorais e atendimento aos fiéis em virtude da autonomia de jurisdição e também pela proximidade com o pároco. É motivo também de alegria para a comunidade local ao ver um sonho de muitos anos se tornando realidade.
Semelhante a outras localidades, a presença da Igreja Católica em Parisi data da fundação do povoado com a instalação e benção do cruzeiro. Anos posteriores, foram construídas as Capelas de Santo Antonio e Nossa Senhora Aparecida, tendo o povoado se desenvolvido mais próximo a esta. Ao longo dos anos, com o desenvolvimento do povoado e aumento do número de fieis, a pequena igreja de Nossa Senhora Aparecida passou por diversas reformas e ampliações.
Inicialmente a comunidade católica de Parisi esteve sob administração dos Frades Capuchinhos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Votuporanga. Na década de 1970, com a criação da Paróquia Santa Luzia de Votuporanga, o Padre Silvio Roberto dos Santos assumiu também a responsabilidade sobre a Capela de Parisi. Em 1989, a Capela de Parisi passou a fazer parte da Paróquia Santa Joana Princesa, com destaque para o período em que foi administrada pelos padres José Américo Alves e Joaquim Tadeu Ferraz Andrade (falecido recentemente). Desde março de 2018, a comunidade de Parisi vem sendo administrada pelo Padre Michel Henrique Candeu.

. . .

Diácono Alan Miatello será ordenado sacerdote no dia 28/01 na Catedral

No próximo dia 28 de janeiro, o Diácono  Alan Daga Miatello será ordenado sacerdote pela imposição das mãos e oração consecratória de Dom Moacir Aparecido de Freitas. A celebração eucarística será realizada na Sé Catedral de Nossa Senhora Aparecida de Votuporanga às 19h30. O neo-sacerdote assumirá como vigário da Paróquia Santa Luzia e como administrador da Região Pastoral Diocesa São Pio de Pietralcina em 02 de fevereiro.

O Diácono Alan nasceu em Tanabi no dia 26 de dezembro de 1989, filho de Pedro Aparecido Miatello e Cleusa Daga Miatello (in memorian), sendo irmão de Anderson Clayton Daga Miatello.

Em Tanabi, Alan cursou o Ensino Fundamental nas E.M. Alexandre Kannebley Melotti e E.E João Portugal e Ensino Médio E.E. Padre Fidélis. O seminarista é graduado em Ciências Biológicas pela Unifev (2008-2011) e pós-graduado em Teologia pelo Instituto pró-Minas.

De família protestante, Alan se tornou católico após participar, a convite de uma vizinha, de uma Missa para a abençoar o início das obras de construção da Igreja de São João Batista e São Cristóvão de Tanabi, em que na oportunidade ficou encantado pelos serviços dos coroinhas e quis fazer parte daquele grupo.

“Jesus me chamou através daquela mulher, ela foi instrumento de Deus na minha vida e na minha vocação, por isso não podemos ter medo de convidar as pessoas, de chamar, de anunciar o Evangelho de Cristo do nosso jeito e com as nossas possibilidades. Com o tempo, sendo coroinha e participando das demais pastorais, o meu desejo de conhecer mais a Jesus e me consagrar a Ele foi crescendo. A decisão de entrar no seminário, futuramente, não seria fácil, mas com a Graça de Deus não me arrependo de ter seguido a voz do meu Pastor! Vale a pena, vale a vida!” afirma o Seminarista.

Após esse “chamado”, Alan teve sua infância e juventude marcada pela participação na Paróquia São João Batista e São Cristóvão de Tanabi, tendo atuado na Pastoral dos Coroinhas e Acólitos, Ministério de Música Litúrgica, Grupo de Adolescentes e Pastoral da Juventude.

O seminarista iniciou seus estudos para a vida sacerdotal em fevereiro de 2013, tendo cursado o Seminário Propedêutico naquele ano e Filosofia (2014-2016) e Teologia (2017-2020). Durante o período de seminário, Alan fez estágio pastoral nas seguintes paróquias: Catedral de São José em Rio Preto (2013-2014), São João Batista de Américo de Campos (2015-2017), Senhor Bom Jesus de Votuporanga (2018) e Nossa Senhora do Divino Livramento (Buritama) – 2019-2021.

Alan foi ordenado diácono no dia 29 de maio de 2021 por Dom Moacir Aparecido de Freitas, bispo diocesano, em celebração realizada na Sé Catedral Nossa Senhora Aparecida de Votuporanga

Ao ser questionado sobre a ordenação, Alan afirma que: “é um sentimento de entrega e expectativa. São oito anos de preparação para uma missão que agora culminam num dia onde a Igreja toda, celeste e terrestre se unem para pedir a Deus a graça do Espírito Santo sobre o eleito. Estou desejoso de que, ao assumir este ministério na Igreja, todos os fiéis possam me colocar em suas orações para que eu consiga responder ao chamado de Cristo.”

. . .

Dom Antônio Emídio Vilar foi nomeado novo bispo da Diocese de São José do Rio Preto

Dom Antônio Emídio Vilar foi nomeado hoje, 19 de janeiro, bispo da diocese de São José do Rio Preto (SP). Até então, ele estava à frente da diocese de São João da Boa Vista (SP). Salesiano, dom Vilar recordou em mensagens às duas dioceses as palavras de são João Bosco, “diante deste novo desafio”: “Um desejo do papa é para nós uma ordem”, disse.

“Assim acolho o pedido do papa Francisco. Há 13 anos, quando fui nomeado bispo, já dizia: o mesmo Deus que nos escolhe nos faz fiéis até o fim, não há porque temer o que virá. Ele é o Senhor, nós somos seus servos. Cabe-me agora cooperar como um simples operário em sua vinha, disposto ao que Ele quiser. Para que eu seja fiel ao meu sim, peço as orações de todos”, afirmou o bispo durante coletiva de imprensa na manhã de hoje, na catedral de São João da Boa Vista.

À diocese de São José do Rio Preto, dom Vilar enviou sua “minha saudação paternal e bênção apostólica”. “Quero conhecer mais e mais sua história, seus personagens e suas expressões eclesiais. Espero vê-los, ouvi-los, abraçá-los e caminhar junto com todos vocês. Uno-me à caminhada feita e quero me aventurar a perscrutar o caminho do Senhor em espírito sinodal com vocês, todos abertos ao Espírito que nos encanta sempre, pois Ele faz novas todas as coisas”, afirmou.

O bispo agradeceu também ao arcebispo de Ribeirão Preto (SP), dom Moacir Silva, por sua atuação como administrador apostólico de São José do Rio Preto no período de sede vacante. A diocese de São José do Rio Preto estava com sede vacante desde agosto de 2021, quando dom Tomé Ferreira da Silva renunciou ao cargo.

Biografia

O bispo eleito de São José do Rio Preto, dom Antônio Emídio Vilar, nasceu em 14 de novembro de 1957, em São Sebastião do Paraíso (MG). Semanas após seu nascimento, sua família se mudou para Batatais (SP). Aos 11 anos, ingressou no seminário salesiano em Pindamonhangaba (SP). Emitiu sua profissão religiosa em 31 de janeiro de 1976.

Entre 1976 e 1978, cursou Filosofia e Pedagogia em Lorena (SP). Mais tarde, 1981 a 1986 cursou bacharelado e mestrado em teologia na Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), em Roma. Foi ordenado sacerdote em 9 de agosto de 1986. Em 23 de julho de 2008, foi nomeado bispo da diocese de São Luiz de Cáceres (MT) e recebeu a ordenação episcopal em 27 de setembro do mesmo ano. Em 28 de setembro de 2016, foi transferido para a diocese de São João da Boa Vista, à frente da qual estava até o momento.

Dom Vilar atuou no Regional Oeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) como bispo referencial da Juventude, da Liturgia, do Centro de Estudos de Filosofia e de Teologia (Sedac) e do Tribunal Eclesiástico.  Além disso, de 2011 a 2019, foi membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB.  Atualmente, é bispo referencial da Juventude do Regional Sul 1 da CNBB.

A posse de dom Antônio Emídio Vilar na diocese de São José do Rio Preto está marcada para o dia 19 de março, festa de são José.

. . .
Últimas Atualizações


Atendimento
Cúria Diocesana

De segunda à sexta-feira
Das 08h às 12h e das 13h30 às 17h30

Fone: (17)3422-6477
Email: diocesevotuporanga@gmail.com